Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Cidade
Estatísticas e Geografia

Estatísticas de Marabá Paulista

Latitude: 22º04S
Longitude:51º 56 w
Altitude: 405 m
Área Terrestre: 962 km2

Aspectos Físicos
Localização geográfica:
O município está localizado a oeste do Estado de São Paulo, com distância de 650 Km da Capital, com acesso pela rodovia Raposo Tavares e General Euclides Figueiredo. Possui uma altitude de 630 metros ao nível do mar.

Limites:
Ao Norte: estão Presidente Venceslau, Piquerobi e Caiuá
Ao Sul: Mirante do Paranapanema e Teodoro Sampaio
A Leste: Santo Anastácio
A Oeste: Presidente Epitácio

Divisões Municipais:

Conforme a Lei N° 8.092, de 28 de fevereiro de 1964, publicada no Diário Oficial do Estado em 29 de fevereiro de1964, as divisões de Marabá Paulista dos seguintes municípios conta do seguinte:

Com município de Caiuá começa no Ribeirão dos Guachos ou Santa Cruz, na foz do Córrego São João ou Prata; segue pelo Contraforte Fronteiro até cruzar com o Divisor entre este córrego, à direita. E o Rio Santo Anastácio, à esquerda, segue por este divisor, até a cabeceira do Córrego Jaguatirica, pelo qual desce até a sua foz no Rio Santo Anastácio, pelo qual sobe até a foz do Córrego Santa Maria.

Com Presidente Venceslau começa no Rio Santo Anastácio, na foz do Córrego Santa Maria; sobe pelo Rio Santo Anastácio até a foz do Ribeirão Saltinho.

Com Piquerobi começa no Rio Santo Anastácio, na foz do Ribeirão do Saltinho; sobe por aquele até a foz do Ribeirão Santo Antonio.

Já com o município de Santo Anastácio a divisão começa no Rio Santo Anastácio, na foz do Ribeirão Santo Antonio; pelo qual sobe até a foz da Água Rasa; sobe por esta até a sua cabeceira no espigão – Mestre Santo Anastácio – Paranapanema.

Com Mirante do Paranapanema começa no Espigão-Mestre Santo Anastácio, na cabeceira da Água Rasa: segue pelo Espigão-Mestre até cruzar com o Espigão-Mestre Paraná-Paranapanema; continua daí até a cabeceira do Ribeirão da Lagoa, Água Sumida ou Cachoeira.

Com o município de Teodoro Sampaio, começa no Espigão-Mestre Paraná-Paranapanema,na cabeceira do ribeirão da Lagoa, Água Sumida ou Cachoeira,pelo qual desce até a foz do Córrego do Macaco ou São Carlos.

Com o município de Presidente Epitácio começa na foz do Córrego do Macaco ou São Carlos No Ribeirão da Lagoa, Água Sumida ou Cachoeira; prossegue Contraforte Fronteiro até cruzar com o Divisor Lago o Água Sumida ou Cachoeira-Anhumas; segue por este Divisor em demanda da foz do Córrego Iporá, no Ribeirão Anhumas; sobe pelo Córrego Iporá até a sua cabeceira; prossegue pelo Divisor Anhumas-Guachos ou Santa Cruz, até cruzar com o Contraforte da margem direita do Córrego Lagoa; segue por este contraforte até a foz deste Córrego, no Ribeirão Guachos ou Santa Cruz, pelo qual desce até a foz do Córrego São João ou Prata, onde tiveram início estas divisas.

Relevo e Hidrografia

O relevo é plano, com cotas de 200 a 400 metros, cuja monotonia é quebrada pela presença de pequenas serras com altitudes pouco acima dos 400 metros, constituindo superfícies bastante trabalhadas pela erosão.

A rede hidrográfica é tributária do Rio Paraná, sendo formada pelo Rio Santo Anastácio, Ribeirão Areia Dourada, Córrego São João ou da Prata, Ribeirão das Anhumas, Ribeirão Santo Antonio e Ribeirão da Água Sumida.

Clima

Clima Tropical megatérmico, próximo aos limites mesotérmicos e subúmido. Verão em torno de 31°C, embora possam atingir 40°C. O inverno em Marabá é ameno, com médias mensais próximas de 18°C, todavia as mínimas diárias próximas de 0°C não sejam muito raras sob a ação de fortes massas de ar de origem polar, quando o fenômeno de geada se faz presente.

O total anual de chuvas é alto chegou a atingir 1300mm, porém é muito mal distribuído. Em outubro a março a precipitação é de 70%, de junho a agosto, apenas 2%. Em virtude do regime anual de necessidade ambiental de água, nem o verão tem grandes excedentes de água, nem o inverno tem grandes déficits.

Vegetação

A vegetação na cidade é de floresta semi-decídua tropical que recobria todo o planalto paulista, constituía-se na principal cobertura vegetal do município. Foi inicialmente derrubada, para a implantação de pastagens de invernada, que posteriormente foram substituídas em parte por monoculturas.

Solo

Em sua maior parte o solo de Marabá Paulista, como o de toda região, é ácido, muito poroso, bem drenado, com baixo teor de minerais e de acentuada profundidade (latossolo vermelho-amarelo). Há também solo de boa consistência, bem desenvolvido, proporcionando o uso de mecanização.

Lazer

Para realização de festas, bailes e demais eventos sociais, a população marabaense conta com Centro Comunitário de Promoção Social.

Visando o lazer e bem estar da comunidade, Marabá também possui uma piscina municipal, estádio de futebol, ginásio de esportes, quadras poli-esportivas, mini-campo de futebol, quadras de areia para voleibol, sendo todas públicas e de acesso à população.

Base Background
Marabá Paulista

Rua Cafelandia, 135 - CEP: 19430-000 - Centro

Website Desenvolvido porKing Page - Fábrica de Software