Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Cidade
O Município

Dados Históricos

O Município de Marabá Paulista possui pouco mais de 5.567 mil habitantes, localiza-se na Região de Presidente Prudente e teve sua origem em um povoado do Município de Presidente Venceslau, denominado Areia Dourada, formado por diversas fazendas. Em 1938, vários colonos, mormente nordestinos, iniciaram o povoado de Areia Dourada, tendo, na época, a cultura de algodão como sua principal fonte de renda. Seis anos depois, pelo seu grande desenvolvimento e progresso foi elevado a Distrito de Paz.

Em 1953, foi elevado a Município com o nome de Marabá Paulista, que segundo o “Pequeno Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa” de autoria de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, significa “mestiço de francês com índio” ou “Filho de Índio com Branco”.

Atualmente a atividade econômica de Marabá Paulista, tem perfil de serviços da administração pública, conforme dados do SEADE do ano de 2007, o Município de Marabá Paulista pratica lavoura de subsistência, a pecuária está em declínio.

Um dado significativo é que Marabá Paulista está entre os dez municípios com maior número de famílias em ocupação dos Movimentos Socioterritoriais, destacando-se o Movimento dos Sem Terra – MST (Mançano, 2005).

O Comercio da cidade é pequeno sendo que a população tem por hábito fazer suas compras nas cidades vizinhas. O município possui um único banco “Nossa Caixa & Banco do Brasil”, um posto do Bradesco na agencia do Correio Local e casa lotérica & caixa federal, possui algumas repartições públicas, posto de saúde, um presídio e cinco escolas. No entanto, a maioria dos bancários e funcionários estaduais e ainda alguns municipais moram em cidades vizinhas, isto quer dizer que tais estabelecimentos pouco colaboram para a diminuição do índice de desemprego dos moradores da cidade.

Levando-se em conta que a população adulta, na sua maioria não possui qualificação para o “mercado” de trabalho, com um baixo nível de escolaridade, sendo compostos por assentados, arrendatários e pequenos proprietários que trabalham em empregos temporários nos cortes de cana-de-açucar, lavouras e em outros serviços inerentes ao meio rural. O êxodo rural foi marcante na década entre 1980 e 1991, atingindo um taxa de 49,18% de acordo com dados do IBGE, senso de 1991. Os recursos sócio-culturais são praticamente inexistentes, resumindo-se a poucos eventos que ocorrem esporadicamente.

Fundação de Marabá Paulista

O Municipio de Marabá Paulista, situado a oeste do Estado de São Paulo, 4º maior municipio do Estado de São Paulo em extensão territorial, medindo 962 km2. População: ano/2007 de 4812 habitantes.cidade das melhores festas populares da região.

Marabá Paulista começou num povoado denominado “Areia Dourada”, pertencente ao município de Presidente Venceslau. O local era constituído por duas grandes propriedades que perfaziam a sua área total as fazendas Santo Antônio e Ribeirão das Antas.

Em 1938, um grupo de agricultores nordestinos iniciou no povoado a cultura do algodão. Com o passar dos anos, além dos nordestinos vieram os comerciantes imigrantes da Espanha, Itália e também do Japão.

Fundadores

Marabá Paulista teve muitos fundadores, dentre eles se destacam João Ambrósio, Emiliano Vilanova, Midiseu Coreda, Ênio Pepino, Lúcio Mariano Pero e José Maria da Mota. Ênio Pepino era dono das terras do perímetro urbano de Marabá Paulista e fez a doação das terras para a implantação do município.

Formação Administrativa

Devido seu grande desenvolvimento e progresso, pelo Decreto-Lei nº 14.334, de 30 de novembro de 1944, o povoado foi elevado a Distrito de Paz, com o nome de Areia Dourada. Foi lhe dado este nome porque naquelas localidades podia se encontrar uma grande quantidade de areia.

Foi elevado a município da Comarca de Presidente Venceslau, com sede na vila de igual nome (ex Areia Dourada) e com território desmembrado do respectivo distrito. Sua instalação aconteceu em 1º de janeiro de 1954.

Como município ficou constituído de um único distrito: o de Marabá Paulista, que pertence a 102ª Zona Eleitoral.

A origem do nome “Marabá” é desconhecida. Mas segundo o Pequeno Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda, a palavra significa “mestiço de francês com índio” ou “filho de índio com branco”.

A primeira eleição realizada em Marabá Paulista, elegeu como prefeito Lúcio Mariano Pero e o vice Atayde Gomes. Eles foram empossados em 1o. de janeiro de 1955, pelo juiz de Direito de Presidente Venceslau, Francisco Matera. O mandato durou de 1955 a 1958.

Os vereadores eleitos nessa primeira eleição foram: Amador Rocha Neto (presidente da Câmara), Expedito Pimenta Xavier (Vice-presidente), José Inácio dos Santos, Francisco Bueno Brandão, João Augustinho Panucci, Cassiano Martins dos Anjos, Silvino José Decarli, Adão Lima e Nauridin Alvarenga.

A denominação dos habitantes (gentílico) do município é marabaense.

Questão fundiária – Foram desapropriadas duas fazendas do município para a Reforma Agrária. Da Fazenda Areia Branca foram desapropriados pelo Incra 1.873 hectares em 30 de setembro de 1989. A Fazenda Santo Antonio também foi desapropriada pelo Itesp em 1999, onde 73 famílias foram assentadas.

Base Background
Marabá Paulista

Rua Cafelandia, 135 - CEP: 19430-000 - Centro

Website Desenvolvido porKing Page - Fábrica de Software